19 de Junho de 2019 às 08:13

Crescimento e Inovação

Acompanhe abaixo as notícias do setor:

Usina da Pedra finaliza mais uma etapa das obras de ampliação para a Safra 2019/20

Para acompanhar as inovações do setor, o grupo Pedra Agroindustrial investe diariamente em novas tecnologias. Desde 2017, a empresa vem realizando um projeto de ampliação e renovação na Usina da Pedra. Para a Safra de 2019/20, a unidade finalizou a segunda etapa dessa obra. Foram feitas inovações na Fábrica de Açúcar e alterações nos sistemas de resfriamento de água da fabricação de etanol e açúcar, entre outros, que proporcionarão ganhos no processo industrial, atendimento à legislação ambiental e aumento na capacidade de produção de açúcar.

“Com essas obras, a Usina da Pedra terá flexibilidade para produzir mais açúcar, caso o mercado esteja propício, além de atender a exigências ambientais e melhorar a eficiência do processo de fabricação de açúcar e etanol como um todo”, ressaltou o Gerente do Departamento de Engenharia, Luís Daniel Ganzerli.

Confira abaixo algumas novidades e quais benefícios trarão para o processo:

  • Instalação de um sistema fechado de resfriamento da fábrica de açúcar com 7 torres de 2.000 m3/h cada;
  • Um cozedor de açúcar de 80.000l;

Com as torres da fábrica de açúcar e o cozedor, a unidade terá um aumento em sua capacidade de produção de açúcar. Vale ressaltar que as torres também fazem parte de um projeto de adequação ambiental junto à CETESB para substituir o sistema de resfriamento por aspersão que existia.

  • Instalação de separadores de arraste em todos os cozedores com novas colunas barométricas e centrífugas de açúcar;
  • Novos depósitos de açúcar;
  • Instalação de sistema fechado de resfriamento da fábrica de etanol também com 7 torres de 1.000 m3/h cada;
  • Uma coluna retificadora de etanol e um tanque de ácido sulfúrico.

Coluna retificadora processará o refluxo de operação da peneira molecular que produz etanol anidro. Antes isso era feito por alguma das colunas dos aparelhos de etanol hidratado. Dessa forma, o processo de produção de anidro ficará independente do processo de produção de hidratado. O tanque de ácido sulfúrico aumentará a capacidade de armazenamento de ácido e também permitirá que se faça compras do insumo em melhores condições de preço.

A obra envolveu todos os setores da indústria, como caldeiraria, mecânica, elétrica e instrumentação, além da contratação de empresas dessas áreas. No total, para realização da obra a empresa chegou a contar com cerca de 500 prestadores de serviços, além de funcionários. Para a safra 2020/21, serão instalados os equipamentos da última etapa da obra, permitindo que a Usina da Pedra chegue a produzir até 60.000 sacos por dia de açúcar.

 

Deixe uma resposta

Comentários sujeito à aprovação do moderador*

Você também pode se interessar